Olá, querido leitor(a)! Existe uma dúvida crucial em quem está começando a sua preparação: O que estudar para concurso público? Quais são os assuntos que mais caem em concursos?

Se você também estiver passando por isso, saiba que está no local certo.

Este artigo foi feito para te ajudar resolver esse quadro e destravar os seus estudos. Essa é a minha missão aqui hoje.

É normal ficar perdido e não saber por onde começar, quais matérias estudar para concurso público e saber os conteúdos que mais caem nas provas.

A verdade é que no início são muitos detalhes a serem observados, e que vão além de escolher simplesmente algumas matérias para começar, mas esse é assunto para outra conversa.

Hoje, o meu objetivo é te dar um direcionamento em seus estudos para você dar esse importante passo.

Outro fato importante é que nem todos tem a possibilidade financeira de já comprar um curso preparatório completo de início, com todas as matérias básicas e avançadas para o seu concurso em específico, então essas dicas aqui vão ajudar demais com esse assunto.

E um detalhe para você: Dinheiro para investir não é problema, ao final do artigo vou te dar algumas dicas de como conseguir, de maneira íntegra, material de estudo gratuito para estudar.

Portanto leia até o final!

Para facilitar a sua vida, eu vou te mostrar os assuntos que são comuns à grande maioria dos concursos públicos pelo Brasil, para então, falar sobre o pacote básico referente a concursos públicos específicos, de acordo com a sua própria área de atuação.

Nesse sentido, antes de um edital sair, os rumores sobre ele aumentam, então você começa a ler notícias sobre “comissão formada para o concurso, escolhida a organizadora, edital iminente”, e por aí vai.

Ou seja, entre os preparativos de um edital e seu lançamento, em média seis meses você terá até a prova. Isso significa, pelo menos seis meses de preparação.

Matérias básicas: O que estudar para concurso de qualquer área

Chegar bem preparado no dia da prova é muito importante para a sua aprovação.

Porém, nós já sabemos que no início, pode ser muito difícil escolher por onde começar os estudos ou quais matérias estudar. 

Por isso, eu procurei mostrar aqui um pacote de matérias básicas que caem na maioria dos concursos.

Esse pacote de conteúdo, que chamo de matérias básicas, é composto basicamente das seguintes disciplinas:

– Língua Portuguesa, Noções de Informática, Noções de Direito Administrativo e Noções de Direito Constitucional.

Ele pode ser estudado antes mesmo de o edital ser disponibilizado.

Na verdade, se você analisar os últimos 100 concursos abertos no Brasil, pelo site do PCI Concursos, você vai perceber que essas matérias estão em quase todos eles.

Pois elas representam a base de conhecimento necessário para um servidor público exercer as suas funções.

E, aqui, cabe uma ressalva: Não estude de forma superficial esses assuntos. O ideal é que você siga as recomendações do meu artigo: Como Fazer Um Roteiro de Estudo Perfeito, disponibilizado também gratuitamente aqui no Centro Preparatório, o nosso Blog Super Foda.

Agora vamos analisar individualmente cada uma dessas matérias:

Língua Portuguesa 

Todo concurso público no Brasil cobra Língua Portuguesa.

Isso é fato!

E convenhamos, dominar português em sua forma culta, é essencial para passar em qualquer prova, seja concurso, OAB, além de vestibular.

Ela é cobrada basicamente nos seguintes aspectos: Interpretação de Textos, Gramática e Redação para concursos, normalmente na modalidade dissertação.

Noções de Informática 

Não é de hoje que a Informática é figura carimbada nas provas de concursos, o que é bem lógico. 

Afinal ela está presente em qualquer ambiente profissional ou de produtividade.

A grande dica aqui é que as provas de concurso não cobram os conhecimentos que precisamos para usar o computador em nossa rotina normal. A conversa aqui é no decoreba mesmo, não tem jeito.

Normalmente são cobrados os assuntos de hardware, sistemas operacionais e uso dos softwares.

Direito Constitucional 

O Direito Constitucional é a base para o estudo das demais matérias de direito, pois representa a base do ordenamento jurídico brasileiro, além de representar um assunto muito interessante para o exercício da cidadania.

Neste período inicial, é interessante focar na Parte dos Direitos e Garantias Fundamentais, além do conteúdo sobre Administração Pública.

Direito Administrativo 

O estudo do Direito Administrativo tem como objetivo obter conhecimento sobre o funcionamento da máquina pública e sobre a organização do Estado como um todo.

Nessa matéria fundamental, você aprende sobre os órgãos públicos, as atividades públicas, além de todo o funcionamento da administração pública.

Atente para as particularidades do estuda da Administração Pública Federal, dos Estados, além da Administração Municipal, a depender do concurso que você vai prestar.

O que estudar para concurso público nível médio

Prestar uma prova para um concurso público de nível médio é o ideal para quem ainda não começou a cursar a faculdade ou ainda não concluiu o curso, mas já quer se dedicar aos estudos para ingressar logo no serviço público.

As vagas mais comuns para os cargos de nível médio sãos os Técnicos de Forma Geral, lembrando que alguns deles exigem formação específica, além de algumas Polícias Militares, Guarda Municipal, e o mais TOP deles, para o cargo de Polícia Legislativa Federal com um salário inicial de, pasmem, na faixa de R$ 16.000,00.

O que geralmente cai nas provas de concurso público de nível médio?

Aqui, normalmente, temos as matérias constantes do nosso pacote básico, que você já viu antes.

Porém, podemos acrescentar a disciplina de Matemática, considerando aqui também o Raciocínio Lógico.

Convém lembrar que, nas provas de cargos que exigem formação específica, como por exemplo, Técnico em Contabilidade, você deve estudar também as disciplinas específicas.

Essas informações sempre constarão no edital do Concurso respectivo.

O que estudar para concurso público nível superior

Estudar para concurso público de Nível Superior é uma tarefa um pouco mais complexa e que exige um pouco mais de dedicação, além de muita organização.

Normalmente, as provas de nível superior cobram o conteúdo sob um foco mais interpretativo das matérias, dando menos enfoque ao famoso decoreba.

Porém, isso é até natural, visto que os salários são mais atrativos que os concursos de nível médio.

Podemos destacar, entre os cargos mais comuns, as Carreiras Policiais (Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal), Cargos de Gestão, Carreiras Jurídicas, além dos cargos específicos, como Médicos, Engenheiros, entre tantos outros.

Novamente, você deve estudar as matérias do Pacote Básico e, a depender do concurso, você precisará aprofundar o conhecimento dentro de cada matéria.

Normalmente, nós temos o acréscimo de algumas matérias, como problemas de Raciocínio Lógico, Conhecimentos Gerais e Atualidades, além das matérias específicas para cargos que exigem formação também específica.

Qual concurso público é mais fácil de passar: Nível Médio ou Nível Superior

Falar em Concurso “fácil de passar” é um tanto quanto leviano e irresponsável de minha parte.

Hoje temos concorrência muito acirrada, principalmente por dois aspectos: 

1- O número de concorrentes aumenta a cada ano.

2- A Qualidade dos estudantes também aumenta, ou seja, eles estão aprendendo a estudar para provas de concurso.

Porém, existem alguns aspectos que você deve considerar ao escolher um concurso, dentro do escopo de “facilidade” para obter a aprovação.

Vamos a elas…

A primeira análise a ser feita é a Taxa de concorrência mais baixa, ou seja, verifique os concursos anteriores e veja a relação candidato x vaga para ver se o concurso é muito concorrido.

Normalmente, os cargos que exigem formação específica (superior ou técnicos) possuem concorrência menor. Porém, eles também contam com menos vagas.

Os concursos municipais, até por serem normalmente menos atrativos, também costumam ser mais fáceis de passar, como os guardas municipais, motoristas, agentes de trânsito, além dos cargos administrativos.

Pode até parecer ilógico, mas a próxima dica também é muito válida.

Concursos que oferecem poucas vagas normalmente não despertam o interesse da massa de concurseiros e, por isso mesmo, costuma ser mais tranquilo obter a aprovação nesses cargos.

Conclusão

Eu espero que você tenha gostado desse artigo.

Para complemente esse assunto, eu produzi um vídeo especial, onde eu mostro a estratégia de estudos que eu utilizei para ser aprovado no concurso da Polícia Rodoviária Federal.

Basta clicar no Botão abaixo para assistir.


Pablo Amorim
Pablo Amorim

Pablo Amorim é Policial Rodoviário e Especialista em Aprendizagem Para Provas de Concursos. Fundador do Blog Centro Preparatório, onde publica artigos com estratégias de preparação, Autor de Livros Digitais sobre preparação para Concursos e Podcaster no Canal Mestre em Concursos, disponível no Spotify e no Deezer.

Deixe Aqui o Seu Comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published.