Como Cuidar da Saúde – O Guia Absolutamente Completo

Algum dia você já acordou com aquela sensação de que tudo será diferente?

Sentiu que a motivação estava em alta, que poderia voar até as nuvens, e além?

Então você se prepara para um dia vitorioso de estudos. Todo o seu material já está sobre a mesa. Prepara até um café, deixa uma garrafa com água também. Enfim, tudo parece perfeito, até que você começa a ler. Um grande rodeio tem início em sua mente, as ideias não se encaixam, as palavras insistem em se embaralhar de forma enlouquecedora.

Já se foi 1 hora e nada, absolutamente nada acontece. Pensamentos negativos começam a rondar a sua mente. Você, então começa a questionar se vale a pena todo esse sacrifício, toda essa dedicação. E, então, comete um dos piores erros que um concurseiro de sucesso pode cometer: Duvidar de sua capacidade de aprovação no concurso dos seus sonhos.

Um novo começo

Já escrevi no meu artigo, 7 passos simples para você estudar melhor, sobre a importância do equilíbrio entre o corpo e a mente e como ele interfere na qualidade da sua preparação. Agora é hora de aprofundar um pouco mais a nossa conversa sobre como equilibrar os estudos com boas práticas para o concurseiro cuidar da saúde.

E por que escrever esse artigo?

É simples, eu já vi diversas situações, inclusive com amigos próximos, de pessoas que foram reprovados, que perderam a chance de ingressar em uma carreira pública, por que deixaram de tomar medidas simples, para evitar os transtornos causados por situações que vão desde problemas de saúde, excesso de peso até falta de condicionamento físico. Todos esses fatores levam muitos candidatos à reprovação, concurso após concurso. Muitas dessas reprovações poderiam ter sido evitadas com simples ações diárias, que são nada mais do que hábitos saudáveis, conciliados com o seu método de estudo para concursos.

É muito importante frisar que esse artigo não substitui um acompanhamento profissional de médicos ou qualquer outro profissional de saúde nos casos em que houver necessidade. Ele foi desenvolvido com base em minhas experiências pessoais e de outras pessoas que tive conhecimento no mundo dos concursos.

Tudo ok? Então vamos continuar…

1. EDITAL

Todo concurseiro deve ter em mente que o edital é o grande “Guia” de qualquer concurso. É ele que conduz todas as ações a serem realizadas durante o decorrer do concurso. Ele dita TODAS AS REGRAS. Ele é a bíblia do candidato.

Mas é absolutamente ignorado pela grande maioria dos candidatos, que somente se dão ao trabalho de ler data, horário e local de prova, quando o fazem.

Antes de se candidatar a um cargo, ou seja, antes de fazer a sua inscrição, o estudante tem que ler o edital, nele estão todas as informações inerentes ao ingresso na carreira:

  • Requisitos de saúde;
  • Exames médicos exigidos;
  • Restrições inerentes a deficiência física;
  • Teste de Aptidão Física;
  • Requisitos de escolaridade (É sério!).

O estudante precisa saber se preenche todos os requisitos exigidos. Eu te peço que não cometa o grande erro de deixar de ler o edital. Imagine estudar por meses ou anos, conseguir estar dentro das vagas, e ser pego de surpresa em um exame médico e descobrir um problema de saúde que nem imaginava ter, ou ficar reprovado em um teste físico, no exame de percentual de gordura. Toda uma preparação literalmente jogada no ralo por desconhecimento dos requisitos do cargo.

Existem concursos que possuem um rigor maior na questão da saúde do candidato, devido às atribuições do cargo (Carreiras Militares, Policiais e Agentes de Segurança, por exemplo). Por isso é recomendável que o estudante realize de forma preventiva e com bastante antecedência os exames médicos exigidos no concurso, para que tenha tempo hábil para sanar os possíveis problemas de saúde.

Esse é o primeiro ponto e talvez o mais importante a ser abordado nesse artigo.

Não quer perder nenhum próximo artigo?

Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber novas atualizações do site.

Receba as atualizaçõs do Blog gratuitamente

Insira seu email abaixo

2. SINAIS DE DESGASTE

Teenage students sitting in the classroom
Teenage students sitting in the classroom

Agora vamos entrar realmente no foco do artigo, falar da saúde do concurseiro, do equilíbrio entre o corpo e a mente, que deve ser mantido durante toda as etapas do concurso.

O período em que um candidato está se preparando para prestar uma prova para o tão desejado concurso não deve ser visto como um martírio, como um sacrifício. Essa fase é realmente desgastante, mas é apenas mais uma etapa a ser superada.

Nossa condição de seres humanos nos impõe limites. É preciso dar atenção especial a esses limites para que eles não sejam extrapolados. O candidato pode comprometer seriamente a sua capacidade de aprendizado caso seja submetido a cargas excessivas de estudos sem intervalos e quando deixa de descansar e de dormir bem. É importante cuidar desses aspectos para que não haja saturação de seu corpo e de sua mente.

Os sintomas mais comuns casos de desgaste ou estafa são a dificuldade em assimilar o conteúdo estudado, a falta de concentração, sono excessivo e outros nesse sentido.

O recomendável é a prevenção. Lembre-se que o período de preparação do concurseiro pode durar meses ou anos e a atividade de estudos deve ser incorporada à rotina diária, com planejamento e organização.

Leia mais sobre Dicas de Estudos nesse Artigo.

Da mesma forma, o descanso, a atividade física e o lazer devem ser incorporados à rotina do concurseiro, com o objetivo de manter equilibrados o corpo e a mente.

3. DESCANSO: MERECIDO E NECESSÁRIO.

Ao longo de nossa vida, perdemos a conta de quantas vezes ouvimos que “O corpo humano é uma máquina perfeita”. Mas essa informação somente é verdadeira se essa “máquina” tiver todos os cuidados com a sua manutenção em dia, mesmo porque se a gente não cuida, a “máquina perfeita” pode pifar.

Como eu havia falado antes, esse artigo é voltado especificamente para que o concurseiro desperte o seu interesse em ações para cuidar da saúde.

Deixa eu te contar um pouco da minha história:

No início da minha trajetória como concurseiro, eu tinha o péssimo hábito de estudar até altas horas da madrugada. O problema era assistir aula no dia seguinte logo pela manhã. Eu era jovem, achava que a carcaça iria aguentar. O resultado era um sono incontrolável durante as aulas. Já na parte da tarde eu tentava estudar, mas era em vão. O sono era meu maior inimigo, e com ele vinha a falta de concentração, ou seja, um problema atrás do outro.

Durante os finais de semana a folga era proibida, de manhã fazia simulados, na parte de tarde grupo de estudos.

Essa rotina alucinante me levou ao limite. Durou por vários meses.

Quando chegou a época da prova, para um concurso militar, eu tinha total convicção de que havia feito uma excelente preparação. Eu havia visto e revisto todo o conteúdo por diversas vezes, feito milhares de exercícios e tinha um bom desempenho nos simulados. Enfim, eu realmente estava muito seguro em relação ao conteúdo, estava bem preparado.

Mas estava muito esgotado…

Quando o grande dia chegou, o dia do concurso que poderia mudar a minha vida, o sonho tinha virado pesadelo, eu não tinha condições de aguentar a carga mental exigida durante a realização da prova. Era uma prova pesada, com questões de matemática, química e física, ainda tinha a redação.

Foram quatro horas de tensão, dores de cabeça e um sentimento de derrota indescritível. Eu havia sido derrotado, e o pior, por mim mesmo. Eu havia exigido de mim mas do que eu poderia suportar.

Mas, depois de algum tempo de reflexão, tentando entender o que havia acontecido, uma sensação de “dava para eu ter passado” começou a tomar conta dos meus pensamentos.

Era hora de voltar.

Foi aí que eu resolvi fazer diferente. Minha rotina passou a se dar da seguinte forma:

De segunda a sexta – Aula pela manhã, estudo à tarde, durante a noite eu revezava os dias entre assistir novamente as aulas mais importante para mim e realizar atividades físicas (afinal era um concurso militar).

Aos sábados, aulas ou simulados pela manhã.

Do período da tarde de sábado até o domingo, o tempo era livre, para diversão, lazer e descanso, enfim, para fazer o que eu quisesse, obviamente com responsabilidade.

Durante os meses que antecederam o novo concurso, eu conduzi a minha rotina de uma maneira totalmente diferente, com equilíbrio, com horas de sono adequadas, com respeito aos meus limites.

Mas o dia novamente havia chegado. Porém, dessa vez eu me sentia um leão selvagem, com sangue nos olhos, pronto para devorar a minha presa, a minha prova. Foram quatro horas cansativas, de bom combate, só que dessa vez eu era um adversário à altura.

Resultado: minha primeira aprovação.

Sabe por que eu resolvi contar essa história? Por que você não precisa errar como eu errei, não precisa perder tempo como eu perdi. O concurseiro profissional estuda com técnica, com planejamento e toma todas as medidas para conduzir a sua preparação de forma equilibrada.

Por isso, evite extrapolar os seus limites, tenha uma rotina de estudo com intervalos regulares, recomenda-se de 10 a 15 minutos de descanso a cada hora de estudos e durma bem, tenha uma quantidade de sono regular.

4. ATIVIDADE FÍSICA: SEU CORPO PRECISA SE MOVIMENTAR

2014 Raleigh Rock n Roll Marathon Raleigh, North Carolina April 12,2014 Photo: Andrew McClanahan@PhotoRun Victah1111@aol.com 631-741-1865 www.photorun.NET

A prática de exercícios físicos não deve ser encarada somente como um meio para se atingir um objetivo específico como é o caso de emagrecer ou simplesmente da estética, a atividade física deve ser vista como promoção da saúde. Em doses regulares e equilibradas ela traz inúmeros benefícios que são incalculáveis em nossas vidas, principalmente no médio e longo prazo.

A (OMS) Organização mundial de saúde, em uma de suas diretrizes, diz que a saúde está categoricamente definida como “Situação de pleno bem-estar físico psíquico, social e espiritual”.

Ou seja, o corpo humano foi feito para movimentar-se, um corpo que não se movimenta torna-se fraco e adoece mais facilmente.

Relação Atividade Física x Rotina de Estudos

Para o estudante, a inclusão de atividades físicas traz benefícios que vão além de uma boa saúde, ela traz maior disposição na hora de estudar, ajuda a manter a concentração e o foco.

O fator do sobrepeso também é uma questão bastante polêmica em concursos, pois já houve diversos casos de candidatos reprovados no exame de saúde por excesso de peso. Alguns conseguem reverter judicialmente, mas é uma situação sensível. A prática de exercícios pode ajudar nesse ponto também, obviamente com o devido acompanhamento de profissionais, caso necessário.

Existem também os concursos que exigem o TAF (Teste de Aptidão Física) em suas etapas. Já presenciei muitos (muitos mesmo) casos de candidatos REPROVADOS, ou seja, perderam sua chance por que não conseguiram os índices mínimos exigidos no edital do concurso.

Os testes mais comuns são:

  • Corrida
  • Abdominais
  • Flexão de Braço
  • Teste de Barras
  • Natação
  • Salto em distância

Teste-de-Aptidao-Fisica-PRF-702x3361[1]

Geralmente os índices mínimos exigidos nos TAF não são muitos rigorosos. Qualquer pessoa com um treinamento adequado e com a saúde e o peso em boas condições consegue realizar. Por isso, os exercícios devem ser incorporados à rotina de estudos desde o seu início, de forma equilibrada objetivando um bom condicionamento físico e, nos casos de TAF, direcionados aos testes exigidos no edital.

Se você quiser iniciar um programa de Preparação Física, eu te convido a conhecer o método de treinamento Q48 2.0 – para Emagrecimento e Condicionamento Físico. Eu te recomendo por que o treinamento se dá através de vídeo-aulas, que podem ser assistidas em qualquer computador com acesso à internet. Ele é baseado em exercícios simples, que podem ser feitos por qualquer pessoa, em casa sem a ajuda de aparelhos, vale a pena dar uma olhada. Clique para acessar o Programa.

CONCLUSÃO

O meu objetivo ao escrever esse arquivo é mostrar a você o que eu costumo chamar de palavra de ordem na vida de uma pessoa que estuda para concursos:

Equilíbrio

Geralmente, o período para uma preparação adequada de um concurseiro se dá no médio/longo prazo. Por isso ela deve ser realizada com planejamento, estratégia e com metas a serem atingidas. Mas ela deve ser, principalmente, constante, e acompanhada de uma rotina baseada em hábitos de vida saudáveis.

Vamos recapitular o que vimos até aqui:

  • O Edital é a “Bíblia do Candidato”, pois traz todas as regras do concurso;
  • O Corpo humano possui limites, que devem ser respeitados para não haver prejuízos ao aprendizado;
  • O Descanso e o Sono são Fundamentais;
  • A importância de cuidar da saúde;
  • A atividade física deve fazer parte da rotina de estudos do concurseiro.

É comum escutarmos coisas do tipo:

“Se você quer passar em um concurso cola na cadeira e estuda”

Realmente essa frase é verdadeira, mas não é a única verdade. Hoje em dia as pessoas estão se preparando de forma profissional para os concursos. Usando métodos de estudos eficazes, que são capazes de otimizar o tempo de estudos e transformar 2 horas em 6 horas. Existem técnicas para a montagem de uma estratégia de resolução de provas, até para chutes.

Hábitos de vida saudáveis representam apenas uma parcela das diversas estratégias de estudo.

Algumas pessoas me mandam e-mails perguntando sobre Cursos e Métodos eficientes de Emagrecimento e Fitness e eu sempre recomendo o Curso do Vinicius Possebon, o Q48 2.0. EU considero o Queima de 48 Horas 2.0 a forma mais eficiente de perder peso e entrar em forma ao mesmo tempo, pois todo o programa de treinamento pode ser feito na sua prórpia casa, sem a necessidade de aparelhos ou equipamentos. Conheça o Curso sem compromisso clicando Aqui.

Bom, era essa a mensagem que eu queria te passar, espero que tenha gostado.

Eu desejo, do fundo do meu coração, que este artigo lhe sirva de inspiração e desperte a sua atenção para começar a tomar os cuidados necessários ao bom andamento da sua preparação.

Que Deus te abençoe! Sucesso!

Deixe seu Comentário abaixo com as suas dúvidas, críticas ou sugestões de temas para os próximos artigos.

Para não ficar de fora e receber todos os novos artigos desse site, coloque seu e-mail no campo abaixo e seja o primeiro a saber de todas as novidades.

Receba as atualizaçõs do Blog gratuitamente

Insira seu email abaixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *