7 Técnicas Poderosas Para Vencer a Preguiça Mental

A preguiça mental tem sido um grande problema para muitas pessoas. Hoje em dia, ela tem se espalhado rapidamente como uma epidemia e, por muitas vezes, os sintomas podem passar despercebidos pelas pessoas infectadas.

E o pior dos efeitos colaterais desse mal é cair em improdutividade e falta de motivação. A preguiça mental impende muitos estudantes de conquistar e atingir suas metas, estudar com qualidade ou até mesmo de serem aprovados nos Concursos Públicos que fizerem.

Mas, se você sofre com a preguiça mental, como sempre, estou aqui para te ajudar… rs

Eu separei algumas dicas para você ser um Concurseiro de Sucesso, livre desta epidemia que afeta profundamente nossas vidas:

Lembre-se de fazer o download do ebook 5 Regras Garantidas para Você Ter Sucesso Nos Estudos, que contém uma série de dicas para você começar a estudar de forma estratégica. Clique aqui para fazer o download.

Passo 1 – Chame para si a responsabilidade

Assumir o compromisso com o próprio futuro é o primeiro passo para vencer a Preguiça Mental.

Portanto, tenha comprometimento! Estude mais e reclame menos.

A verdade aqui é uma só:

Você é o único responsável pelo seu sucesso!

Ninguém vai se dedicar por você, estudar por você e muito menos fazer a prova do concurso por você.

É o seu futuro que está em jogo.

Não se assuste se poucas pessoas ou até mesmo ninguém torcer por você ou te dar apoio. O sonho é seu e ponto.

Passo 2 – Não seja um sanguessuga

Abandone qualquer dependência de outras pessoas para buscar os seus resultados.

Seja ativo, persistente. aprenda a praticar a Resiliência.

Busque ser funcional, simplesmente faça o que deve ser feito!

E, se for possível, vá além dos seus limites.

Gere conhecimento e conquiste autoconfiança. Isso é viciante.

Passo 3 – Motive-se

A Motivação é individual. Por isso o ideal é que você tenha os seus objetivos bem definidos e trace um plano de ação para alcançá-los.

E naqueles dias em que a motivação estiver em baixa, busque fontes de inspiração.

Espelhe-se em alguém que está à sua frente. Use esses exemplos para refletir por que não tentar chegar ao topo?

Por que não se desafiar e tentar conquistar uma vaga naquele Concurso que você sempre desejou?

É difícil? Sim, mas é para todo mundo.

Saia da sua zona de conforto e busque a sua felicidade, a sua realização pessoal e profissional.

Passo 4 – Não tenha medo da quantidade de matéria para estudar

Tem muita matéria para estudar?

Por quê não começar agora?

Se a quantidade de matérias a serem estudadas for muito grande, então comece a estudar com bastante antecedência.

Faça um plano de estudos bem elaborado e confiável e siga-o todos dos dias, rigorosamente.

Crie metas de médio, curto e longo prazo. Trace o curso e lute para superá-las.

Passo 5 – Crie objetivos concretos

Quais são os seus sonhos? Já parou para pensar?

Escreva num papel, desenho, ou imprima uma foto e cole no seu guardaroupas, no seu mural de organização, na parede ou até mesmo no espelho.

Observe e Leia todo dia! Viva a expectativa de viver esses sonhos:

“Eu vou ter uma casa como essa”, “Eu vou ter essa viajem de férias”, “Eu vou ter um carro desses”.

Foque justamente nesses objetivos.

Inspire-se e não desista nunca. Nem sequer cogite essa possibilidade.
Não existe sucesso sem esforço e dedicação ordenada.

Passo 6 – Comemore as vitórias

Vitória sempre é vitória, mesmo que pareça pequena ou quase imperceptível.

Por menores que possam parecer, as vitórias nos estudos são muito importantes para ganhar confiança e motivação.

Comemore cada passo dado, a cada meta traçado e cumprida, cada capítulo lido, ou até mesmo cada a bateria de exercícios que você tenha concluído.

Por que as pequenas vitórias são tão importantes?

São nas pequenas vitórias que nós nos transformamos, e é fácil entender o porquê.

Imagine que cada uma delas é um degrau de uma escada. Cada vez que você ganha, um novo passo é dado e você avança para outro degrau.

Por meio das pequenas vitórias é mais fácil sentir uma progressão constante, e isso nos dá motivação.

Pequenas vitórias mostram que você é capaz.

Passo 7 – Aprenda a amar aquilo que você faz

Você gosta de estudar?

Se você tiver prazer em de estudar, você consegue com facilidade transformar suas horas de dedicação aos estudos em horas de diversão.

Me lembro como se fosse hoje…

Não foram poucas as vezes em que eu vibrava a cada questão cabeluda de matemática que eu resolvia na época em que estudava para concursos militares.

E quem já estudou para as provas das Forças Armadas sabe que a Matemática é uma das matérias com maior peso nas provas.

Entenda, se você não gosta de estudar, é porque provavelmente você não sabe estudar.

Você não consegue produzir, se deixa levar pelo desânimo e acaba desistindo rápido, antes mesmo de aparecerem as dificuldades.

Se você se identificou com quem não sabe estudar, busque aprender e se esforce até ter prazer em estudar.

Recapitulando: Como Vencer a Preguiça Mental

Nesse artigos nós vimos 7 Técnicas para ajudar você a combater a Preguiça Mental e conseguir avançar os seus estudos.

  1. Chame para si a responsabilidade
  2. Não seja um sanguessuga
  3. Motive-se
  4. Não tenha medo da quantidade de matéria para estudar
  5. Crie objetivos concretos
  6. Comemore as vitórias
  7. Aprenda a amar aquilo que você faz

São etapas muito simples e bem práticas.

Acredite, você consegue colocar em prática com facilidade.

E não se esqueça do mais importante, um passo de cada vez, uma vitória de cada vez. Sua batalha é diária, todos os dias, até você conseguir atingir o seu objetivo de aprovação.

Conte Sempre Comigo

Dica Extra – Como Planejar Os Estudos

Se você gostou desse artigo, eu recomendo que você leia um texto completo que eu fiz sobre o Curso de Planejamento de Estudos, do Professor Renato Alves, que é recordista brasileiro de memorização.

Nesse treinamento online, o Renato ensina os primeiros passos para uma preparação bem feita, para que você evite cometer erros bobos e coloque em risco todo o seu esforço.

Clique no link abaixo para ler o Artigo na sua íntegra.

>> Quero saber mais sobre o Curso de Planejamento de Estudos <<

Forte abraço e até o próximo artigo.

Pablo Amorim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *